Especial do Dia das Crianças: Onde Foi que Eles Erraram? Estrelando: EU

Pois é, eu mesmo.

Não que eu seja grandes merdas ou  que tenha sido um erro que me lançasse ao fundo do poço, mas aproveitando a vibe do Dia das Criancas é um barato vou contar uma estória da minha infância e uma das grandes cagadas do ponto de vista de nerd-bobo que fiz:

Esta imagem acima é de uma linha de action figures dos heróis da DC lançada nos anos 80/90 baseada principalmente nos desenhos dos Superamigos. Esses da foto eram apenas alguns dos personagens que faziam parte da coleção mas tinham vários incluindo os vilões e os veículos dos heróis principais.

Isso foi lançado no Brasil pela Estrela, quando eu tinha uns 9 ou 10 anos e eu era maluco por esses bonequinhos action figures, lembro quando os comerciais mostravam um personagem novo a minha cabeça quase explodia de emoção! Tenho a impressão que na época só eu pirava neles desse jeito, pelo que me lembro eles não eram objetos de desejo da maioria molecada, as outras crianças preferiam os Comandos em Ação, He-Man, Thundercats e outros, que eram mais bem feitos e estavam presentes com mais força na TV.

Eles não eram tão caro para época, mas também a grana não sobrava em casa para muito luxo. Mesmo assim, aos poucos, fui ganhando alguns deles dos meus pais no Natal e aniversários, até que graças a minha obesidade consegui dar uma turbinada na coleção ao ponto de ter quase todos os lançados por aqui. Não, eu não era gordo ao ponto de me exibir em circos e ganhar uns trocos para comprar brinquedo! Como incentivo para emagrecer, cada vez que eu atingisse determinado peso, ganhava um boneco para a coleção. Lembro do primeiro que ganhei nesse esquema, foi o Darkseid, um dos mais fodões e bem feitos de todos:

Tá, hoje parece uma merda, mas na época era legal.

Se foi um sucesso para quase completar a seleção, foi um fracasso para o projeto de deixar ser uma rolha de vulcão. Todo o peso que perdi ganhei em dobro alguns anos depois só realmente emagrecendo após os 15 ou 16 anos quando passava o dia todo na rua fazendo merda ao invés de ficar em casa enchendo o bandú. E um pouco antes dessa época que entra o erro:

Havia uma amiga da minha mãe muito gente boa que trazia junto com ela o neto sempre que nos visitava, o guri era bacana  e eu acabava bancando o irmão mais velho dele durante a  visita, deixando ele brincar com meus brinquedos, os Super-Powers e todos os outros bonecos que eu tinha sem problema. Em uma dessas visitas eu por já me achar crescido o suficiente para ainda ter brinquedos em casa acabei dando toda (EU DISSE T-O-D-A !) minha coleção à ele. Acho que só vi o garoto mais uma vez depois disso, depois nunca mais.

Fui ter remorso de ter feito isso apenas muitos anos depois, só quando fiquei maduro o suficiente entender que o que você tem, lê,ou  assiste não tem nada a ver com ser adulto ou com ter  maturidade, que se foda se você é um marmanjo e ainda lê Turma da Mônica, o que conta é o que você faz no dia-a-dia em relação a sua vida e as pessoas em volta dela. Mas aí já era tarde lá se tinham ido meus Super-Powers, que hoje ORNARIAM que é uma beleza com os actions figures que comprei depois dos 30:

Tive que comprar né, ninguém me dá porra nenhuma mais se eu perder peso.Nem parabéns…

Eu sei, vocês vão falar de Toy Story 3, se não diminuiu meu arrependimento quanto assisti o dono do Woody e do Buzz doando ele e seus companheiros para outra criança fazendo a alegria dela, que talvez não tenha sido um erro, que talvez eu tivesse agido certo.

Não, ainda queria ter meus bonequinhos. A cena realmente me emocionou, mas pelo motivo errado…

Deixe um comentário abalizado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s