Selo Vertigo Subindo De Vez no Telhado?

Porra DC, você está fazendo tudo errado!!!

Foi anunciado ontem que Karen Berger a Editora-chefe do selo DC Vertigo desde seu início, disse adeus a “Editora que está virando  das Lenda” e deixou seu cargo.

Vertigo_logo

E daí? Leia a a declaração do escritor Chris Roberson  para ter uma idéia da importância dela para as histórias em quadrinhos:

Karen Berger pode ser equiparada com Stan Lee e William Gaines como um dos mais influentes editores da história dos quadrinhos americanos.

Karen foi mais que uma simples editora-chefe, ela praticamente criou o selo Vertigo, trazendo alguns personagens do universo DC regular (Sandman, Homem-Animal, Shade, Monstro do Pântano) e dar-lhes uma abordagem mais adulta, misturando o gênero de super-heróis com terror, ficção-científica, literatura e vários outras abordagens nunca explorada pela DC. Ela garimpou talentos e os trouxe para indústria, então na época, novos talentos  como Neil Gaiman, Grant Morrison, Mike Carey, Jamie Delano, Mark Buckingham, Brian K. Vaughan, Scott Snyder e por aí vai.

Apesar desse sucesso de crítica o selo nunca trouxe rios de dinheiro para Warner/DC, mas sempre teve sua existência garantida por sua qualidade e na esperança de conseguirem explorarem alguma das séries publicadas lá em outras mídias. Só que isso nunca aconteceu, pois nem tudo que saí sob o selo era total propriedade da DC, afinal o selo se destacava por dar espaço à quadrinhos autorais. Também esbarrou na demora em adaptação em adaptar alguns títulos com grande potencial, (Como Y the Last Man que tem sido cogitado para filme/série desde que a série se encerrou e nada até agora)

E quando arriscou levar seu personagem mais popular para telonas cometeu a heresia chamada Constantine…

Especula-se que Karen saiu por já não se enquadrar na política da DC pós-Novo 52 e estaria sendo pressionada a deixar o cargo há algum tempo. O cancelamento de Hellblazer e o retorno de alguns personagens ao Universo DC regular teriam sido algumas atitudes tomadas nesse sentido.

karen_berguer

Mas e agora? Com a saída da maior responsável por esse oásis de excelentes histórias em meio à mesmice do mercado por quase 20 anos, como ficará a Vertigo sem ela?

Já foram anunciado algumas novidades em comemoração aos 20 anos do selo para o ano que vem, então teremos pelo menos um ano a mais de qualidade garantida, mas depois a tendência que a Vertigo abandone a publicação de títulos mensais, apostando em mini-séries e encadernados.Ou seja, vão sair cada vez menos bons quadrinhos.

Como eu já disse no texto sobre o cancelamento de Hellblazer, não entendo o porquê de se mexer com uma linha que há 19 anos não tem relação nenhuma com a cronologia do Universo DC! Em que isso afeta as vendas de ambos?

Legal que a maioria dos grandes escritores na DC e na Marvel hoje obtiveram destaque em títulos da Vertigo, e muitos do talento desses caras é o que sustentam a venda de alguns títulos.

Quero ver aonde elas vão procurar novos nomes para o futuro da indústria, se realmente confirmado o quase fim do selo.

Uma resposta em “Selo Vertigo Subindo De Vez no Telhado?

  1. Pingback: Primeiro Trabalho de Neil Gaiman na DC Saindo Encadernado Por Aqui «

Deixe um comentário abalizado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s