Ô da Poltrona!: Liga da Justiça: The Flashpoint Paradox

Liga da Justiça: Flashpoint Paradox é a animação baseada na polêmica mini-série “Flashpoint”( Ponto de Ignição aqui no Brasil) que lá pela metade decidiram que seria a desculpa para rebootar o Universo DC.

flashpoint_dvd1-590x347

Então a intenção era zerar também o Universo DC Animado? Ou era dar uma versão de como seria a série caso o editorial não tivesse interferido nos rumos da história?

Nenhum dos dois: a intenção era derramar sangue! Flashpoint Paradox é (até onde eu me lembro) a adaptação para outras mídias mais violenta já feita de maneira oficial com personagens da DC Comics. Superman quebrando pescoços seria troco no violento universo em que se passava a história!

Justice-League-The-Flashpoint-Paradox

A trama em si é a mesma dos quadrinhos: Flash volta no tempo para impedir o assassinato de sua mãe e ao ter sucesso acaba transformando toda a realidade. Como principais mudanças Kal-El não foi adotado pelos Kents, Bruce Wayne é quem é morto no assalto no Beco do Crime e os ex-amantes Aquaman e Mulher-Maravilha estão destruindo todo o planeta em uma batalha entre amazonas e atlantes.

Ops, um monte de spoiler, malz aê! Mas vai piorar:

alert-spoiler-uatafokin.001

A principal diferença entre ambas é que a animação, por ter obviamente um menor tempo, acaba optando por simplificar a história, pesando a mão no clima mais dark da história. Por exemplo, se  nos quadrinhos houve um tempo para mostrar que Aquaman e Mulher-Maravilha, apesar de tiranos ainda tinham um lampejo de heroísmo tradicional, na animação ambos são retratados como dois tiranos cruéis que não hesitam em matar ou decepar seus inimigos. O Batman de Flashpoint (que foi um dos poucos acertos da mini-série) é um personagem ainda mais sádico e dotado de humor negro do que nos quadrinhos.

E esse tom funciona muito bem para uma história de realidade alternativa, onde os escritores podem matar a vontade de matar e mutilar personagens que no universo regular nunca poderiam sofrer esse tipo de tratamento. Lembrando que também é violento em comparação a outras adaptações da DC, não é aconselhável para crianças, mas também não é nada que vá chocar os marmanjos que assistem filmes do Tarantino.

jla__flashpoint_paradox_by_dave_wilkins-d628opl

Acho que o desenho se sustenta sozinho, mas creio que quem leu a mini-série deve aproveitar pescar muito outros pontos da história. Por exemplo, apesar de não haver menção ao reboot  Flash já aparece no final com seu uniforme (que no desenho ficou uma merda) dos Novos 52 dando a entender que, apesar de desfazer seu erro a realidade que ele retornou não era mais a mesma e dando a deixa para a próxima animação da Liga em que será adaptado o primeiro arco do grupo de seu atual título.

Não é do meu gosto o estilo do desenho mais puxado para o anime e também achei tosca alguns dos momentos em que animação fica em 3D, mas não é nada que atrapalhe. Liga da Justiça: Flashpoint Parachoquis Paradox apesar de um pouco diferente faz jus ao bom histórico de animações da DC. Vale o download a pena assistir.

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário abalizado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

culturainutiloblog.wordpress.com/

Antes do Cultura se tornar um site, estávamos neste blog. Nos encontre em www.siteculturainutil.com.br!

Who Cares Podcast

o podcast que te acompanha por todos os episódios de Doctor Who

novomdm.wordpress.com/

Podcast, HQ, Cinema, Games e Peitinhos

Ciclos, Letras e Quintais...

Por Ana Célia Cruz e Flávio Urra

Sphera Geek

Beta 2.0

Cult para não cults

Desaculturando

postelaria

Textos fresquinhos, mas sem frescura. Rio de Janeiro, Brasil.

Sobre Comédia . com

Um site sobre a comédia

blogdamoato

coletivo de blogueiros

Estroina

Questões filosóficas desnecessárias

GetGlue Brasil

A primeira fonte sobre o GetGlue do Brasil!

howl for love.

post-punk soul from chicago

DANIEL HDR

D r a w i n g b o a r d C h r o n i c l e s

%d blogueiros gostam disto: