Ô da Poltrona: Gotham – A Série

Gotham estreou oficialmente ontem à noite aqui no Brasil pelo Warner Channel com apenas uma semana em relação à estréia nos EUA.

Gotham-TV-Show-Fox-Logo

Mas e aí? Será que a série é tudo isso que vinham alardeando mesmo ou corremos o risco de ver uma “Smallvillização” do Batman ?

Baseado no episódio piloto dá para afirmar que a série não será nem uma coisa nem outra: não é “o melhor episódio de uma série baseada em quadrinhos de todo os tempos” como foi publicado por aí, mas o tom sombrio faz ela ser diferente de todas as outras séries baseadas em personagens da DC.

E esse é o ponto que mais me agradou na série: a cidade de Gotham parece realmente um lugar podre até a raiz. Tirando o novato Detetive James Gordon todos os outros personagens ou estão envolvidos com algo espúrio ou já perderam a esperança quanto a cidade ter algum vislumbre de justiça. Até o mordomo Alfred, o responsável por cuidar do jovem Bruce Wayne após o assassinato de seus pais, transpira muito mais cinismo do que o tradicional paternalismo presente em outras versões do personagem.

gotham

Muito se reclamou do excesso de aparições fora de contexto de personagens que no futuro virão a se tornar inimigos do Batman, mas eu até entendo a opção de colocar logo as cartas na mesa no primeiro episódio para que Gotham pudesse logo dizer a que veio.

O quê realmente me incomodou foi o excesso de destaque dado ao jovem Bruce, mostrando já em algumas atitudes do menino o vigilante que ele virá a se tornar um dia. Acho um tremendo desperdício se a série deixar de focar em Gordon, no cotidiano da polícia e o submundo de Gotham para enveredar nesse caminho de “As aventuras do pequeno Batman”

Esse temor ficou um pouco mais forte depois que vi esse trailer lançado ontem do que está por vir na primeira temporada:

.

O jeito é esperar e torcer para isso ser apenas uma forçada de barra do marketing da Fox e que  não influencie a trama principal.

Ainda a se destacar tivemos boas atuações de Donal Logue como Detetive Bullock e Jada Pinket Smith c como a vilã Fish Mooney. Ben McKenzie, o “Gordon The O.C” não foi um sucesso, mas também não comprometeu.

A audiência dos dois  primeiro episódio nos EUA foi muito boa, o quê indica que teremos pelo menos a primeira temporada garantida.Ou maior parte dela, pelo menos.

Potencial tem, mas ainda precisa de uns 5 ou 6 episódios para se ter uma idéia melhor de até onde a série pode chegar.

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

Deixe um comentário abalizado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

culturainutiloblog.wordpress.com/

Antes do Cultura se tornar um site, estávamos neste blog. Nos encontre em www.siteculturainutil.com.br!

Who Cares Podcast

o podcast que te acompanha por todos os episódios de Doctor Who

novomdm.wordpress.com/

Podcast, HQ, Cinema, Games e Peitinhos

Ciclos, Letras e Quintais...

Por Ana Célia Cruz e Flávio Urra

Sphera Geek

Beta 2.0

Cult para não cults

Desaculturando

postelaria

Textos fresquinhos, mas sem frescura. Rio de Janeiro, Brasil.

Sobre Comédia . com

Um site sobre a comédia

blogdamoato

coletivo de blogueiros

Estroina

Questões filosóficas desnecessárias

GetGlue Brasil

A primeira fonte sobre o GetGlue do Brasil!

howl for love.

post-punk soul from chicago

DANIEL HDR

D r a w i n g b o a r d C h r o n i c l e s

%d blogueiros gostam disto: