Leitura de Trem: A Saga do Monstro do Pântano Volume 1 & 2

Ainda um guri com 11 ou 12 anos tive o meu primeiro contato com a obra de Alan Moore através de uns números perdidos de Watchmen e com alguns gibis formatinho do Monstro do Pântano, ambos publicado pela Abril.

swamp-thing-stolen-cropped

Obviamente  pela idade não tinha como ir muito além de uma leitura bem rasa, mas lembro de já ter ficado impressionado com Watchmen. Já Monstro do Pântano não  despertou  tanto interesse, me fazendo ficar com a impressão quando mais velho  de que ele fosse um trabalho “menor” do barbudão inglês.

Caras, eu não podia estar mais enganado!

A Panini está republicando aqui no Brasil   desde o  ano passado (foram lançado  três encadernados até agora) a fase de Moore frente ao título do Alfação, me dando a chance de de ler esse material em sequência e já com horas de leituras na “carcunda”suficientes para poder aprecia-lo  em quase sua totalidade. Digo quase porque sou meio burro porque apesar de ter sido publicada em um título mensal regular nos anos 80 e se passar dentro da continuidade normal do universo DC à época, Moore consegue fazer uma trama complexa, com várias camadas, adulta e atemporal digna de graphics novels e séries que alguns anos depois seriam publicadas sob o selo da Vertigo, que aliás tem suas primeiras sementes plantadas durante essa fase Monstro do Pântano.

tumblr_mu2jh63E1Z1r0lhi8o1_400

Moore  já declarou em entrevistas que muito do que vem sendo publicado hoje são conceitos desenvolvidos por ele no passado. Usa até uma figura de imagem de que as grandes editoras não passam de” guaxinins revirando seu lixo” em busca de algo que possam re-aproveitar. Apesar de soar um tanto pretensioso, em Monstro do Pântano vemos como o escritor lá no distante 1984 conseguiu estabelecer conceitos que reverberam até hoje nos quadrinhos.

Foi ele Moore que estabeleceu que o protagonista não era mais o cientista Alec Holland  transformado em um monstro por conta de uma explosão e contato com  compostos químicos e o pântano, mas sim uma parte da vegetação que criou vida a partir da consciência do moribundo cientista. Explorando o dilema do protagonista ao descobrir a verdade, o autor enfileira um monte de idéias que ajudaram a definir o chamado “quadrinho para leitores maduros” e que até hoje estão por aí.

Além da genialidade do escritor ainda temos os desenhistas Stephen Bissette, John Totleben, Dan Day , Alfredo Alcala e Rich Veich e a colorista Tatjana Wood fazendo um trabalho excelente na arte mesclando os quadrinhos clássicos de terror com experimentalismo gráficos sensacionais até para os dias atuais. Havia muito tempo que não lia algo que me causasse tanto impacto, devorei os dois volumes num tapa só e já estou começando o terceiro, torcendo para que a Panini publique a fase de Moore integralmente aqui.

swamp-thing-annual-2-p27-panel1

Vi algumas reclamações sobre o formato da publicação por ela não ter uma capa e um papel melhor. Realmente não está à altura da qualidade da história e sua importância , mas pelo que eu ouvi no Comicpod é o mesmo formato utilizado lá nos EUA. E até tem seu charme já que remete um pouco àquele papelzão-jornal vagabundo utilizado nas revistas de terror do passado.

Sempre evito usar  o termo “é obrigatório”, mas o fato é que “A Saga do Monstro do Pântano” realmente o é para qualquer um que goste de quadrinhos e que  queira entender a verdadeira força criativa e inovadora que essa mídia pode ter quando cai não mão de um gênio como “O Artista Original”.

swampthing1d

Nota: 10 tubérculos psicodélicos-orgasmáticos

De  10 tubérculos psicodélicos  disponíveis.

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário abalizado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

culturainutiloblog.wordpress.com/

Antes do Cultura se tornar um site, estávamos neste blog. Nos encontre em www.siteculturainutil.com.br!

Who Cares Podcast

o podcast que te acompanha por todos os episódios de Doctor Who

novomdm.wordpress.com/

Podcast, HQ, Cinema, Games e Peitinhos

Ciclos, Letras e Quintais...

Por Ana Célia Cruz e Flávio Urra

Sphera Geek

Beta 2.0

Cult para não cults

Desaculturando

postelaria

Textos fresquinhos, mas sem frescura. Rio de Janeiro, Brasil.

Sobre Comédia . com

Um site sobre a comédia

blogdamoato

coletivo de blogueiros

Estroina

Questões filosóficas desnecessárias

GetGlue Brasil

A primeira fonte sobre o GetGlue do Brasil!

howl for love.

post-punk soul from chicago

DANIEL HDR

D r a w i n g b o a r d C h r o n i c l e s

%d blogueiros gostam disto: