Leitura de Trem: Quarteto Fantástico 1234

Já que hoje é 1 de abril e se tem que tomar muito cuidado com o quê copiar de sites gringos para não pagar um micaço, vamos com um “Leitura de Trem”.

ff1234_review

Ou seja: um post  100% original do UATAFÓKIN com 0% de relevância.

Esses dias, em uma das minhas idas diárias na banca para rasgar dinheiro e comprar as revistas “do mês” da DC acabei me deparando com uma edição especial do Quarteto Fantástico que me chamou a atenção por ter sido escrita  por Grant Morrison e desenhada por Jay Lee.

Apesar do preço salgado (R$ 18,90) por uma edição com 124 páginas e com o acabamento simples de uma material que já saiu por aqui na revista mensal “Paladinos Marvel” resolvi arriscar e comprei-a-Á. Afinal, lá no início quando comecei esse vício maldito, a fase do Byrne com a “família primordial do Universo Marvel” era uma das minhas preferidas e, apesar de algumas derrapadas recentes, o nome de Morrison ainda é garantia de algo interessante.

 

ff1234_review_2

 

“Quarteto Fantástico 1234” é uma mini-série escrita em 2001 sob o selo Marvel Knight, que pretendia usar uma abordagem mais adulta para alguns dos personagem da editora sem interferir na cronologia do universo regular. Isso posto, dá para imaginar que Morrison ia revirar do avesso o conceito original do super-grupo certo? Mas o escritor não faz isso, e isso não é necessariamente ruim.

ff1234_review_5

O próprio plot parece simples: Dr. Destino tenta aproveitar uma fase de instabilidade nas relações inter-pessoais entre os membros do Quarteto para tentar destruir o grupo.A grande sacada é que apesar de ser uma história de super-heróis o tratamento dado à ela vai mais pelo viés psicológico dando uma faceta mais  crível e humana aos personagens que eu até então não havia lido nas histórias do grupo. Além disso a trama  é cheia de referências a  elementos clássicos do grupo para fazer a alegria dos nerds-velhos como eu. E a arte de Jay Lee também está incrível.

ff1234_review

 

Portanto apesar do custo benefício ruim e a menos que você não seja admirador de Morrison ou do Quarteto “Quarteto Fantástico 1234” é uma boa leitura, uma desconstrução dos personagens  que ao mesmo tempo é muito respeitosa com todo o legado dos heróis que iniciaram o Universo Marvel.

(Ah, tem também uma história bônus amalucada do Nick Fury, mas se não é grande coisa, pelo menos não incomoda.)

6,7 esporros da Sue Richards no Dr. Destino

De 10 esporros da Sue Richards no Dr. Destino disponíveis.

 

 

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário abalizado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

culturainutiloblog.wordpress.com/

Antes do Cultura se tornar um site, estávamos neste blog. Nos encontre em www.siteculturainutil.com.br!

Who Cares Podcast

o podcast que te acompanha por todos os episódios de Doctor Who

novomdm.wordpress.com/

Podcast, HQ, Cinema, Games e Peitinhos

Ciclos, Letras e Quintais...

Por Ana Célia Cruz e Flávio Urra

Sphera Geek

Beta 2.0

Cult para não cults

Desaculturando

postelaria

Textos fresquinhos, mas sem frescura. Rio de Janeiro, Brasil.

Sobre Comédia . com

Um site sobre a comédia

blogdamoato

coletivo de blogueiros

Estroina

Questões filosóficas desnecessárias

GetGlue Brasil

A primeira fonte sobre o GetGlue do Brasil!

howl for love.

post-punk soul from chicago

DANIEL HDR

D r a w i n g b o a r d C h r o n i c l e s

%d blogueiros gostam disto: