O Quê Rolou: Painel dos Editores Panini e Mundo dos Super-Heróis

Durante o fim de semana (15 de setembro do ano 2012 do nosso Senhor) rolou o  5º Mercado das Pulgas e houve um painel com os editores da Panini Levi Trindade e Rogério Saladino, editora que lança a maioria das revistas que você, verme assim como eu, compra todo mês; e com Manoel de Souza, o editor da Mundo dos Super-Heróis, revista especializada nesses personagens de roupa colorida.

Muniz, Trindade, de Souza e Saladino

Acompanhei com bastante atenção o painel, pois quem sabe eu descobriria onde foram parar as revistas DC da Panini este mês? Porque na banca elas não estão… (Se bem que ontem, dia 17, saiu Universo DC… Mas… Pode-se chamar aquilo de revista?). Bem, acho que quando uma revista da Panini atrasa ela vai parar no mesmo lugar que as canetas BICs e os guarda chuvas perdidos. Minha intenção era perguntar sobre encadernados, mas fizeram isso no meu lugar…

Manoel de Souza diz a Levi Trindade: “Fica! Vai ter bolo!”

Bem, e como foi o painel?

Pessoas acompanhando com bastante atenção

Primeiramente, o competente Mauricio Muniz intermediou o bate-papo, que começou com cada participante dizendo como começou a ler quadrinhos. Como muitos de nós, jovens e velhos mortais, eles entraram neste mundo de perdição através da Disney e/ou Turma da Mônica. Ai então eles passaram também a ler aquelas revistas em quadrinhos sem desenho, aquelas sem figuras, só texto, também conhecidas como LIVROS.

Papo vai, papo vêm, a conversa continuou e muito se foi falado de preferencias pessoais e coisas do tipo relacionadas ao mundo dos heróis com e sem super poderes.

Ao final do bate papo, algumas pessoas da audiência puderam fazer perguntas. Algumas delas eram o que esse pobre cidadão gostaria de fazer e outras eu nem havia pensado. Citando algumas delas:

Pergunta: “A Panini vai investir em encadernados de estórias clássicas só para ganhar dinheiro ou vai investir em estórias desconhecidas e/ou inéditas também?”

Resposta da mesa: Não, não! Nosso plano é falir a Panini, então quanto mais desconhecida, e de preferência, inédita, melhor! Quanto menos pessoas comprarem, melhor!

Mentira! Tô só brincando! (Mas seria da hora se eles respondessem assim mesmo!). A resposta da mesa foi bem contundente. Foi explicado que o material clássico é uma aposta certa, e que também o material não basta ser bom, queridinho da critica e conhecido. Ele também precisa ter apelo comercial ! Em resumo, ele precisa VENDER!!! Sim, VENDER!!! Com letras maiúsculas. Porque a Panini é uma empresa, e ela não existe para nós, colecionadores, comprar o que quisermos, mas sim para gerar receita.

Também foi dito que os encadernados serão lançados uma vez que se tenha uma versão internacional já lançada. Isso é evidente para quem sempre compra, uma vez que os encadernados nacionais têm sido a mesma versão dos  internacionais traduzidos. Isso se deve ao fato de que gato escaldado tem medo de agua fria, já que muitas vezes no passado a editora se esforçou para diagramar e editar uma edição nacional e, logo depois dela sair, a Marvel ou a DC lançaram uma super edição luxo combo especial paper compendium vini vidi vici classic elseword what if gold. Ou seja, passaram vergonha. Os americanos viram que tinha demanda e foram lá e fizeram algo mais completo e que no frigir dos ovos, se comprado pela Amazon, não ficaria tão absurdamente caro comparando com a edição nacional. E ainda por cima eles tiveram que aturar os nerds brazukas com o mimimi “Ai, mas a Panini é um lixo! Olha a merda que eles lançam! Prefiro comprar na Amazon com o meu computador do milhão porque eu sou classe média!”.

Pergunta: “E os quadrinhos digitais?”

Resposta da mesa: Não é tão simples. E provavelmente, nem é para essa geração (Nerds acima de 25 anos virgens ou semi-virgens – nota do editor). Manoel (não o da padaria e sim da revista Mundo dos Super Heróis) descreveu uma experieencia de ter subido uma revista de ciências na Apple Store. Basicamente, não vale a pena. Ninguém acessa, é muito pequena a procura. Lembrando, tem que VENDER. Editoras são empresas. Além disso, foi levantada a questão: “Quantas pessoas você conhece que pararam de ler revistas físicas e exclusivamente leem as revistas em tablets?” Ninguém, né? Ou quase ninguém. Scans é outra coisa. Scan é útil para se conhecer uma historia ou autor, mas se for boa, o fã de quadrinhos vai comprar o encadernado. Mas essa é outra discussão. Ainda assim, para se ter uma ideia de como o assunto é complexo, a Panini não tem os direitos de publicação digital do material das editoras Marvel e DC, apenas os direitos de publicação impressa. Entretanto, ela tem os arquivos digitalizados. Iriam as editoras gringas se apoderarem destes arquivos? Iriam elas canibalizarem o mercado lançando tudo junto ao mesmo tempo agora? Tem que existir muita negociação e muita água vai rolar embaixo desta ponte.

Pergunta: “Por que não lançar encadernados de capa dura e capa normal (de papel)?”

Resposta da mesa: Pode até ser. Mas tem que vender. Será que vende?

Bom, tiveram até mais perguntas, mas elas foram mais ou menos na mesma linha e essas são as mais importantes.

Em resumo, lembrem-se, amiguinhos, de escovar os dentes e… Não, quer dizer, lembrem-se que editoras são empresas e nós somos consumidores. Eles vão tentar VENDER o que a gente quer e a gente precisa comprar e mostrar nossos desejos para que eles continuem tentando fazer isso. É simples. Eu sou um consumidor e mesmo que eu tenha lido uma historia, se um bom encadernado sair e não me custar um RIM eu o comprarei. Eu, por exemplo, tenho três  edições diferentes de “A Piada Mortal”. Duas nacionais (Panini e Abril) e uma importada. Eu acho que esse é mesmo o futuro dos quadrinhos. Um nicho cada vez mais trabalhado e com gente especializada.

Sobre o evento, posso dizer que fico muito feliz com o crescimento e espero que continue assim, sempre melhorando e trazendo estas discussões que são muito interessantes. Parabéns aos organizadores e CRUJ CRUJ CRUJ, TCHAU!

10 respostas em “O Quê Rolou: Painel dos Editores Panini e Mundo dos Super-Heróis

  1. Pingback: Falência à Vista: Sábado tem a 6ª edição do Mercado de Pulgas | Uatafókin is This!!!

  2. 10110000 01100001 10110000 0110000110110000 0110000110110000 01100001 10110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 01100001 10110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 01100001 10110000 0110000110110000 0110000110110000 0110000110110000 01100001

    *baixando o nível de novo (td pela polêmica e audiência #mamilos)rs

  3. Pingback: O Quê Rolou: 5ª Edição do Mercado das Pulgas «

  4. Interessante pensar que outra empresa pode vir a comercializar hq digital no Brasil e nao ser nenhuma das editoras que conhecemos… eu assisti apenas parte deste painel pq estava ocupada ficando pobre e feliz com as excelentes compras por lá. Ano que vem vou novamente 🙂

    • É o segundo ano que vou e pretendo ir sempre que tiver!
      Gastei uma boa grana com coisas muito legais. Minha coleção agradece, mas meu bolso não! 😦 Quanto a quadrinhos digitais… Olha, eu sou um colecionador… Gosto de comprar e deixar la na estante, pegar uma revista aleatoriamente e ler durante a tarde. Não acho que dê para fazer isso com um iPad….

      • Sou fã de quadrinhos digitais, do ponto de vista tecnológico, acho uma tendência. Claro que pra colecionadores nunca será, o que é de fácil compreensão, mas acredito que terá uma forte gama de consumidores, composta por parte de quem esta iniciando agora no mundo HQ, ou dará inicia a alguns anos… inevitável tendência tecnológica.

        Obs1: Mesmo assim HQ física (típica terminologia de quem trabalha na área tecnológica) nunca deixará de existir.

        Obs2: Sou suspeito pra falar, mas achei muito louco os formatos nas app do Ipad.

        Obs3: Subiu o nível agora??? #Mamilos rs

Deixe um comentário abalizado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s